Lista de Cidadãos Independentes *POR OTA*, concorrente às Eleições Autárquicas de 2009

Por Ota | Quarta-feira, 04 Março , 2009, 15:36

Há cerca de 27 atrás (1982), quando entrei pela primeira vez para o executivo da J.F. Ota, então como Secretário, os serviços Administrativos estavam sediados no velhinho edifício, junto á Igreja, que é hoje a casa mortuária, o qual dispunha apenas de 2 divisões.

O reduzido espaço e a extrema degradação das instalações não permitiam oferecer á população um serviço condigno e que, naquela altura, pouco mais era que a passagem de atestados e alguns licenciamentos.

 

Quando em 1985 fui eleito como Presidente, uma das promessas eleitorais era a construção de um novo edifício Sede, cuja inauguração se veio a concretizar em 5 de Outubro de 1993.

 

Vários problemas se levantavam para levar a efeito a realização dessa obra, sendo os principais a falta de verbas e a definição do local onde o edifício deveria ser erigido. Em Assembleia de Freguesia foi deliberado que a construção deveria efectuar-se no local onde existia o mercado, uma vez que se tratava do único local pertença da J.F.Ota que permitiria efectuar uma construção de raiz, além de que não dispúnhamos de verba para adquirir outro terreno; foi ainda deliberado que o edifício deveria ter 2 pisos, sendo que no r/c deveriam localizar-se algumas lojas e no 1º andar os serviços Administrativos. Esta solução tinha – e tem – como principal inconveniente, o facto de obrigar as pessoas a terem de subir ao 1º andar por escadas íngremes, sendo que algumas delas, devido á idade têm alguma dificuldade em faze-lo.

 

Convém relembrar que a construção do novo edifício permitiu oferecer uma série de serviços á população os quais, até á data, não existiam: serviços de correios através de protocolo com os CTT, pagamento das facturas da água, licenciamento de canídeos, biblioteca, internet disponível ao público, preenchimento do IRS, serviços de psicólogos, etc. Por outro lado pudemos informatizar os serviços (contabilidade, expediente, cemitério, recenseamento…) e, neste campo, fomos pioneiros no Concelho de Alenquer.

 

Com a experiência adquirida verifica-se que se impõe a mudança dos serviços Administrativos para local de mais fácil acesso; assim, a solução poderá passar por instalar os referidos serviços, mesmo que provisoriamente, numa das lojas do r/c que se encontra disponível, com a necessária readaptação do espaço. A prometida, pela C.M. Alenquer, construção de uma nova Escola Primária e Jardim-de-infância, poderá ajudar a reformular-mos todos os serviços da Junta de Freguesia uma vez que, ficando disponível os actuais edifícios e espaços exteriores das Escolas, poderemos encontrar uma solução mais abrangente e integrada, a qual passará também por um melhor aproveitamento do edifício dos Tanques e balneários.

 


mais sobre nós
CANDIDATOS
pesquisar neste blog
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes
blogs SAPO